quinta-feira, 3 de setembro de 2009

A lista de convidados te assusta?

Olá amores!
Como estão vocês?
Achei essa reportagem dando dicas para sua temida "Lista de Convidados" e quis compartilhar.
Vamos lá?


"Você será convidado... eu acho!

Conserve o seu saldo no azul, a sua sanidade e os seus amigos com o Guia NOVA da lista de casamento
Autor: Adaptação Elisa Tozzi







Nos primeiros meses do noivado é super divertido pegar papel e caneta para rabiscar uma lista de convidados. Quando o grande dia se aproxima, no entanto, o prazer desaparece e os problemas surgem... Montar uma lista não é nada simples – na verdade, esse pode ser o momento mais estressante do planejamento de um casamento. Mas não se desespere! Se você se preparar com antecedência, vai conseguir equilibrar sua festa com a presença de quem você realmente ama e daqueles que precisa convidar por educação. Siga as nossas dicas e tenha um casamento inesquecível!


Socorro! Parentes que você mal conhece


Você acha que sua lista está perfeita, mas quando mostra para sua mãe e para sua sogra, pronto. Lá vem reclamação: “Cadê a sobrinha da sua tia Rute? Aquela, de terceiro grau, a Renata? Não acredito que ela não está na lista!”. Ok, você quer que seu casamento seja uma reunião familiar, mas como decidir quem convidar – já que a família é sempre cheia de gente que você não conhece? Em alguns casos é bom ponderar: parentes que moram em outras cidades ficarão muito honrados ao receber o convite, mas não vão se sentir obrigados a comparecer ao casamento. Então, não se encha de culpa se preferir não convocar aquele tio que mora longe: parentes distantes entendem que você não pode chamar todo mundo. Sara, de 29 anos, passou por isso: “Minha família é enorme. Eu tenho uns 25 primos e não convidei todos. E ninguém se magoou, eles sabem que a família é grande demais para caber inteirinha na festa”.


Socorro! Os amigos dos seus pais


Lidar com os pedidos dos seus pais para que amigos deles sejam convidados é um problema que assombra todas as noivas... E a gente sabe que é muito difícil dizer não quando são os pais que ajudam a pagar a festa. Joana, de 32 anos, teve que aguentar as ordens da mãe, que convidou todos os seus conhecidos, desde amigos de infância até o jardineiro! Se seus pais estiverem se descontrolando, não pense duas vezes e imponha limites. Essa não foi a atitude de Lúcia, de 28 anos, que acabou chamando os amigos de sua mãe para a festa. Foi uma roubada e ela aconselha: “Tente convencer seus pais a convidarem poucas pessoas. É pior tentar fazer concessões para deixar todo mundo feliz”.


Socorro! Semi-amigos


Todas nós temos amigos com os quais nos encontramos uma vez por ano – e olhe lá – mas que, muitas vezes, fazem parte do nosso círculo social. Um dos truques de uma lista de convidados bem feita é decidir se eles terão a chance de provar o bem casado. Parece óbvio convidar só os mais próximos, mas quando os semi-amigos vêem sua página do Orkut cheia de recadinhos animados sobre a festa, você pode se sentir péssima por tê-los deixado de fora. É claro que convidar um amigo distante pode reavivar uma amizade. Porém, o seu casamento não é o momento certo para isso – planejar uma reunião dessas é completamente diferente de organizar uma festinha de aniversário e você não tem a menor obrigação de aturar os quase-amigos.


Socorro! Retribuir convites


Uma dúvida que assombra todas as noivas é: devo convidar uma conhecida só porque eu fui convidada para o casamento dela? A resposta é simples: não. Quem já se casou sabe que montar uma lista dá um trabalhão e não vai se importar se ficar de fora da sua. “O meu casamento estava lotado de gente que eu não via há anos e que só estava lá porque eu quis retribuir convites”, diz Lúcia. “É até legal ser bem educado. Mas se eu estivesse organizando uma festa íntima, não me sentira na obrigação de convidar esse tipo de gente”.


Socorro! Os filhos dos convidados


Sim, no álbum do casamento eles parecem super fofos. Mas na igreja, a situação muda completamente. Um bebê chorando durante toda a cerimônia e um grupinho levado destruindo a decoração podem acabar com o seu bom humor. Faça sua escolha: ninguém é obrigado a convidar crianças – um casamento sem os pequenos funciona maravilhosamente e é até um brinde para os pais que querem um dia de descanso. Mas se você não tiver coragem de proibir a entrada de menores, é bom planejar tudo meticulosamente. Patrícia, de 37 anos, casou grávida de quatro meses e achou que não seria simpático fazer uma festa sem a presença dos pequenos. Ela e seu noivo encararam o desafio e organizaram um buffet para 80 adultos e 25 crianças com menos de cinco anos! Para entretê-los, o casal contratou um mágico e resolveu incluir frango e batata frita no cardápio – assim ninguém ficou entediado e com fome. “Foi ótimo, todos eles se comportaram bem”, conta Patrícia.


Socorro! Acompanhantes chatos


Os acompanhantes pode facilmente dobrar o número de convidados. Se você tem um limite, seja rígida e não os permita na festa – a não ser que os conheça pessoalmente, você não precisa convidá-los. Isso também vale para os colegas de trabalho: não é só porque você adora fofocar sobre a novela com eles que precisa chamá-los para a festa. Fique de olho no seu orçamento e só inclua convidados extras se você realmente puder. Sara, por exemplo, não convidou o namorado de uma amiga e explicou seus motivos: o salão de festa era pequeno demais para os acompanhantes, mas eles eram muito bem vindos na igreja. Ficou tudo bem. Para ter convidados extras sem se apertar com o orçamento e o tamanho do buffet, verifique quantas pessoas confirmaram a ida a seu casamento – com o número de negativas na mão, você consegue saber quantos acompanhantes pode convidar."







Sabem que eu dei muita sorte nesse quesito,minha mãe é super na dela e foi ela, inclusive, que sugeriu alguns cortes na lista!
Quando comecei a pensar nesse assunto meio que me desesperei. Era muita gente!
Aí resolvi colocar a cabeça no lugar e conversei com a minha mãe.Assunto quase resolvido!
Só falta o namorido resolver a dele...kkk..
No mais, adorei o Guia Nova de Casamento!
Para ver mais clique aqui.
E vocês meninas?Gostaram das dicas?

bjsss

6 comentários:

fernanda disse...

gostei sim!!! tks! bjs!

Lili disse...

Dinda linda PARA TUDO!
Eu li essa matéria ontemmm e ia comentar com VOCÊ HAUHAUHAUa
Paraaa parece até q é mentiraaa rsrs mas não é prometoooo!!

Essas dicas são o máximo e eu morri de rir com os tópicos rs

BJusssssssss

* Mi¢hєℓє* disse...

Adorei o post...
Eu ja discuti várias vezes com o noivo sobre isto...a gente nunca se entende...rsrs...e a família dele então...quer chamar todo mundo...aff...só no sonho deles mesmo...rsrsrs

bjsss

Tainá disse...

Eu adorei as dicas. Mas mesmo com todas as dicas possíveis, ainda to sofrendo com a lista. Tô adiando o momento do corte pq sei que vai ser uma luta...rsrs

Bjssssss

Marina disse...

Audrey, mé dá arrepios qdo eu penso na lista, eu já cansei de brigar com meus pais por causa disso, a lista deles é metade da nossa, eu acho um absurdo, mas não vou mais falar nada pra eles..... prefiro nem pensar... daqui uns dias vou colocar um post disso no blog tb....
bjsssssss

Noivinha Rayane disse...

Nossa flor, li tudinho e ameiii... Eu e meu noivo a inicio queriamos incluir todo mundo, ate os "conehcidos". Dai quatro meses depois da primeira lista, conversei com o noivinho e achamos melhor refaze-la, pq muitos estavam na lista por mera consideração, e não pq realmente queriamos convidar. Funcionou, uma lista de 230 convidados jah caiu para 180. E com certeza daqui a um tempo vou mexer nela de novo, quem sabe não acabo tirando mais umas teias de aranha? rsrs...
Ameiii o post... Bjuuss e bom feriadão! :P