sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O outro lado da moeda.

Olá amores!
Hoje o post é um pouco diferente.
Vou falar como fornecedora.
Algumas meninas me questionam  por que só confecciono artes/produtos e faço reservas mediante pagamento do sinal.
O post de hoje é para tentar explicar isso.
Quando comecei (quem me acompanha há algum tempo sabe) foi por vcs elogiarem as coisas que fazia.
Estava trabalhando com uma coisa que gostava,mas que não me dava retorno e resolvi começar a "fazer umas artes" como diz uma amiga minha.
(Graças a Deus) Papai d céu colocou no meu caminho clientes ótimas,que confiaram no trabalho de uma pessoa que estava começando e uma foi me indicando pra outra,pra outra e assim cheguei onde estou hoje.

Quando a pessoa entrava em contato comigo e me pedia uma arte para aprovação para o kit de banheiro, ou o que quer que fosse, eu fazia sem problemas.
A pessoa me dava ceteza que ia fechar o pedido, me passava endereço da mãe,telefone,etc e eu ficava lá um tempão personalizando os itens.
E o que acontecia?
A pessoa sumia e nunca mais dava sinal de vida...Nunca mais respondia meus emails...
Cheguei a ver arte que eu fiquei horas (e milhões de emails) fazendo sendo usadas no casamento da pessoa "que me deu certeza" que ia fechar. Isso me chateou muito.Me sentia usada.
A mesma coisa com reserva de produtos,falavam que "já estavam fazendo a transferência" e até hoje não vi a cor desse $$$$...rsrs
Ficava muito triste com isso, várias vezes deixei de vender algo porque outra pessoa tinha reservado e quem reservou não se deu nem ao trabalho de me mandar um email falando que não queira mais.
Então,por causa de (muuuuuitas) situações como essa, é que peço o pagamento do sinal.
No caso de produtos até tem como resolver, outra pessoa pode se interessar pelo mesmo item,mas e os itens personalizados?
Quais as chances de ter um casal com os mesmos nomes,usando as mesmas cores e a mesma caricatura querer aquele produto que eu fiz e outra pessoa desistiu?
Já me falaram que é frescura minha,  que fiquei "nariz empinado", mas ninguém se colocou na minha situação.
Espero ter esclarecido as dúvidas de vocês e mostrado um pouquinho como é o lado do fornecedor.
Bjsss

3 comentários:

Pano Poá disse...

Eu sei bem como é, também já passei por isso. É bem complicado!
Agora só com sinal!!! rsrsrs
bjos, Tati.

Maura disse...

Oi Audrey... totalmente a favor da tua postura, infelizmente os bons pagam pelos ruins né?? Mas é a vida e vc tb tem que se precaver!! Bjosss

Luana disse...

É Audrey, eu também percebi na prática o porquê do pagamento adiantado... Infelizmente, eu gostaria de poder confiar em todos, mas a realidade mostra que não é possível... Não se preocupe com os comentários de quem não te compreende, pois seu trabalho tem muito valor e ele deve ser cobrado como se deve... afinal, ninguém mais vai pagar suas contas, não é? Bjs bjs